Gazeta da Sanches
Pesquisa

Atividade "I love geo"
Por Lucinda Gonçalves (Professora), em 2014/03/17893 leram | 0 comentários | 194 gostam
" I Love Geo" - Atividade do grupo de geografia para o 9º ano de escolaridade
Mais uma vez, com notável imaginação, alguma poesia e muita geografia, concretizou-se a atividade “I Love Geo”. Organizada pelo grupo de geografia e dirigida aos alunos do 9º ano, a atividade procurou motivar os discentes para a redação de cartas de amor/amizade com recurso a termos geográficos estudados ao longo do 3º ciclo. A adesão foi muito significativa, participando todas as turmas do 9º ano, à exceção de uma. Houve grande entusiasmo, curiosidade e interesse por parte dos participantes.
Parabéns a todos!


Poema (1º Classificado)

Tu és sol, água e vento
a tua distante memória é o meu rendimento.
Todo o teu ser é fogo, gelo e sedução
que me consome como uma selva em desflorestação.
O meu coração derrete como gelo num deserto quente
e tu caminhas com um ar indiferente.
O teu beijo salgado e cheio de vida,
desgasta a minha alma como o mar desgasta a arriba.
Tu és atraente e uma verdadeira fera
todo o ar que respiro é da tua atmosfera.
Não existe escala que possa medir o meu amor por ti
por isso pára de fingir que eu não estou aqui.
Tu és o Ocidente que se opõe ao Oriente
mas ao pé de ti estou sempre contente.
O teu toque foi doce mas não perdurou
Tal recurso não renovável que já se esgotou.
Diz-me nos olhos se para ser o teu Norte
preciso mudar ou é uma questão de sorte.
Podes fugir para qualquer latitude,
Eu não sei o que fiz de mal
mas o meu amor irá perseguir-te em qualquer altitude.
Ó meu tufão, avalancha de neve, ou inundação,
pára de perseguir o meu coração!
para me mostrares essa cara que gela o aquecimento global.
Não percebes que o teu amor jorra em mim como um rio
e que já não suporto o teu olhar frio.
Como consegues manter a calma
ao ver a erosão da minha alma.
Tal como o oceano a bater na costa,
o teu amor deixou mossa.
Deixa-me voltar para a tua baía
Antes que a minha alma fique mais fria.
Já te disse que és sol, terra, vento e água
mas eu gosto de ti pelo teu olhar,
por isso cura a minha mágoa
beija-me e abraça-me para eu te poder amar.

Gustavo Francisco 9º 3

Mais Imagens:

Comentários

Escreva o seu Comentário
 




Top Artigos: Amor de Mãe